quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Somos apenas experiências


Deambulava pelos caminhos da vida sedenta da verdade…
A minha mente questionava o porquê da imperfeição que os meus físicos olhos observavam…
Se tudo é belo, perfeito, porquê que não tenho Paz!
A incompreensão de quem Somos, a indignação da existência do sofrimento atormentavam-me.