sábado, 6 de fevereiro de 2016

Confusão entre terapias complementares e religião


"Deus é Amor, Deus é Energia, Deus não condena, Deus não distingue. E cada um de nós é livre para escolher o seu caminho com base na sua verdade e não com aquilo que é imposto. E está tudo bem em seguirmos religiões, logo que não tenhamos o egoísmo de condenar aqueles que por outros trilhos viajam.
Isso é Amor, aceitar o outro como ele é e como ele escolhe experienciar a vida… Penso que todos, independentemente da religião que cada um pratica, tenham como “prece” uma vida mais feliz e saudável para a Humanidade."